Cotidiano

UPA Tancredo: cinco empresas participam da licitação e quatro seguem na disputa

(Foto: Secom)

Cinco empresas participaram nesta quinta-feira (13) da concorrência pública 34/2018 para a execução de reforma e ampliação da UPA Tancredo (Unidade de Pronto Atendimento) no valor máximo de R$ 3.532.699,94. O secretário de Gestão e Planejamento, Edson Zorek, disse que nesta concorrência está prevista toda a reforma e ampliação naquele espaço antes ocupado pelo Cedip, que foi transferido para a Rua Cuiabá, o que tornou se possível as obras de transformação da unidade.

"Dentro da proposta de saúde humanizada do prefeito Paranhos, teremos espaços mais adequados e com a estrutura necessária para oferecermos à população um atendimento de qualidade com mais leitos e consultórios. Com esta obra será possível atender tanto pediatria quanto os adultos. E o melhor, é que o atendimento à população não será prejudicado na Upa Tancredo, enquanto as obras estiverem em andamento", detalhou, lembrando que a obra terá prazo de 10 meses para ser concluída após a assinatura do contrato.

Na avaliação da documentação, hoje, a empresa LM Projetos e Execução LTDA - ME, foi considerada inabilitada para participar do certame. A documentação das cinco participantes foi analisada hoje pela comissão, técnicos e pelo representante presente.

Foram analisados os documentos apresentados pelas empresas Aliança Engenharia e Assessoria LTDA, Construtora Danilo Bandeira LTDA, Interlagos Materiais de construção Eireli - EPP, LM Projetos e execução-ME e WZK Construções Eireli.

Na análise da documentação foi constatado que Atestado de Capacidade Técnica apresentado pela empresa LM Projetos foi expedido por pessoa física, em desacordo com o edital, o que tornou a empesa inabilitada para o certame. As demais empresas apresentaram a documentação em conformidade ao que foi solicitado em edital. E a Comissão as declarou habilitadas para o certame.

O resultado de habilitação será  publicado no Órgão Oficial do Município, abrindo prazo recursal de cinco dias úteis. Os envelopes de preços permanecem vistados e fechados, sob a guarda do Departamento de Gestão de Compras e Administração e a abertura dos mesmos deve ocorrer no início do próximo ano.