Policial

Uma vida na PM

De 1975 a 2006, tenente atuou em todas as áreas do 6º BPM (Foto: Aílton Santos)

Aposentado há 12 anos, o tenente Ademir Pereira Sampaio viveu boa parte da existência dentro da Polícia Militar. De 1975 até 2006, ele trabalhou em todos os setores da polícia.

Começou na carreira de praça, como soldado, de uma vontade que partiu de um momento inusitado. “Eu trabalhava em um hotel e meu colega de trabalho bebeu, pegou uma arma que estava lá e atirou em um vidro temperado. Ficou um buraco, que tapamos com um cartaz. A polícia chegou lá perguntando se tínhamos ouvido um tiro. Passei a conversa nos policiais, porque um dia antes tinha havido um assalto num comércio ao lado. Eu vi aqueles militares cheios de armas, munições e pensei: vou entrar para a polícia”, conta, com bom humor, o tenente que é um ícone da Polícia Militar local. A corporação no Paraná comemora hoje 164 anos de serviços à comunidade.

Ele morava em Foz do Iguaçu onde, na época, não tinha batalhão de polícia e veio a Cascavel realizar o sonho: “Trabalhei no policiamento urbano, foi guarda de trânsito, trabalhei como plantonista e fazia as pautas dos acidentes de trânsito para julgamento do Detran [Departamento de Trânsito], que naquela época fazia esse trabalho e até transcrevia o resultado desses julgamentos e passava às partes interessadas. Depois que fui promovido para sargento, resolvi fazer o concurso de oficial, passei e assumi a carreira. Só não trabalhei no Serviço Reservado da Polícia. De resto, fiz tudo”, brinca.

Solenidade

Em comemoração aos 164 anos da Polícia Militar do Paraná, uma solenidade reúne militares, bombeiros e outras autoridades hoje, a partir das 9h, no pátio do 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar), em Cascavel.