Política

Três rodovias paranaenses entram no pacote de pedágios

Cascavel - O governador Ratinho Júnior (PSD) declarou que três rodovias paranaenses estão confirmadas no pacote de concessão: PR-323, entre Franscisco Alves e o Estado de Minas Gerais; PR-280, entre Francisco Beltrão e Curitiba; e PR-092, entre Jaguariaíva e Ourinhos, em São Paulo. Segundo o governador, essas rodovias são as mais críticas, estão “no limite” e precisam de investimentos maiores.

Com o fim dos contratos de concessões do Anel de Integração em 2021, o governo vai “devolver” à União tanto as rodovias quanto a nova licitação. O Anel é formado por quase 2,5 mil quilômetros das rodovias BR-277, BR-369, BR-376, BR-373, BR-153 e PR-151.

Um comitê será formado nesta semana que se inicia pela Secretaria de Infraestrutura e Planejamento para estabelecer as obras garantidas nos futuros contratos por meio de um contato direto com o Ministério de Infraestrutura. “Já discutimos isso com o Ministério e percebemos que o governo federal está avançado nos pacotes de concessões, com a Caixa Econômica Federal, a Secretaria de Privatizações e o Ministério da Infraestrutura. Se formos brigar - no bom sentido - para que o Paraná cuide dessa concessão, vamos perder um ano e meio. Acordamos então com o ministro [Tarcísio Gomes de Freitas] e teremos uma equipe para acompanhar as concessões”.

Esse comitê vai debater o PER (Programa de Exploração Rodoviária) e, conforme o governador, duas premissas conduzem a negociação: investimentos e redução da tarifa pela metade. “Vamos trabalhar na licitação de agora e outras rodovias [PR-323, PR-280 e PR-092] que entrarão no pacote. Temos o compromisso de avançar na modernização das rodovias e reduzir em 50% a tarifa. Foram essas duas exigências feitas ao Ministério e ele ‘topou’, por entender que o modelo atual não deu certo”.

Oeste cobra melhorias urgentes das estradas

O setor produtivo do oeste do Paraná cobra melhorias emergenciais no sistema rodoviário. Em documento entregue pela Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) ao governador Ratinho Júnior, os prefeitos solicitam esforços para que sejam incluídas no orçamento estadual obras de recapeamento em rodovias do Estado.

São seis trechos que, conforme avaliação dos gestores públicos, precisam de intervenções mais urgentes a fim de garantir melhor escoamento da safra e segurança aos motoristas.

Os recapes são reivindicados na PR-239, entre Toledo e Assis Chateaubriand; na PR-180, entre Formosa do Oeste e Jesuítas; na PR-182, entre Toledo e Palotina; na PR-488 até a BR-277, trecho de Vera Cruz do Oeste; na PR-585, entre Toledo, Vera Cruz do Oeste e São Pedro do Iguaçu; e, por último, na PR-317, entre Santa Helena e Marechal Cândido Rondon.

Essas rodovias têm intenso movimento de veículos leves e pesados. Os trechos são usados para o transporte de produtos agrícolas, principalmente suínos e grãos. Além disso, as rodovias são usadas pelos jovens que se deslocam para universidades de Toledo, Marechal Cândido Rondon e Cascavel em busca de conhecimento, mas que enfrentam diariamente os riscos de acidentes devido às condições precárias das estradas.

Diante da situação, a entidade que representa 54 cidades aponta que “ficam à mercê de rodovias inseguras e que colocam em risco preciosas vidas, devido às péssimas condições em que se encontram, necessitando urgente que sejam realizadas obras de recuperação”.

Com o documento em mãos, o governador disse que vai avaliar a questão e ver o que pode ser feito.