Esporte

Prova de fogo na Liga dos Campeões

Ex-atacante do Flamengo, Vinicius Jr entra em campo hoje (Foto: Divulgação )

República Tcheca - Técnico interino do Real Madrid, Santiago Solari encara prova de fogo na Liga dos Campeões contra o Viktoria Plzen tcheco, nesta quarta-feira (7), em busca de uma vitória que tranquilize o caminho merengue até a classificação às oitavas de final.

Nomeado após a demissão de Julen Lopetegui há uma semana, o argentino venceu os dois primeiros jogos defendendo a equipe na Copa do Rei e no Campeonato Espanhol.

O time parece ter despertado sob seu comando, mas o Grupo G está embolado com os espanhóis e a líder Roma, empatados com seis pontos.

Uma vitória contra o lanterna da chave poderia tranquilizar a equipe, já que o time italiano tem duelo mais complicado contra o CSKA Moscou, terceiro colocado com quatro pontos.

Uma nova vitória aumentaria as chances de o comandante deixar o papel de interino para ser o técnico definitivo até o fim da temporada.

As duas vitórias foram tranquilizadores, já que o time vinha de cinco derrotas nos últimos sete jogos oficiais.

Marcado pelos desfalques de figuras como Marcelo, Varane ou Carvajal, Solari não hesitou em colocar os jovens Álvaro Odriozola, Reguilón ou o brasileiro Vinícius Jr em campo.

Antes de assumir a equipe principal, o argentino comandava o time B do Real Madrid, que tem muitas promessas para o futuro da equipe merengue.

Decisivo

O ex-atacante do Flamengo chegou a ser decisivo na vitória contra o Valladolid, abrindo o placar para os merengues e participando da jogada que gerou o pênalti em Benzema, mas Solari não quer pressionar o jovem. “Vinícius ainda tem 18 anos e toda sua carreira pela frente", disse Solari.

O brasileiro foi relacionado para o jogo contra a equipe tcheca, rival mais frágil do grupo e que pode ser uma alternativa para dar experiência ao jogador em competições continentais. “Agora temos que jogar todos juntos para termos mais gols e somarmos três pontos para a classificação na Champions", disse Vinícius Jr.

Mas o Viktoria quer a vitória, já que deu trabalho na partida no Santiago Bernabéu e perdeu por apenas 2 a 1. “Acho que temos chances de ganhar e vamos sair para vencer. Já na ida demonstramos que sabemos jogar e deixamos uma boa impressão", garantiu o capitão Romana Hubnik ao site do clube tcheco. “Jogamos contra Barcelona, Bayern... Mas o jogo de nossas vidas é o do Real Madrid”, concluiu Hubnik.