Policial

PF acredita que PCC arrombou agência da Caixa de Nova Aurora

(Foto: Divulgação)

Nova Aurora - A PF (Polícia Federal) de Cascavel acredita que o arrombamento de uma agência bancária da Caixa em Nova Aurora na madrugada de ontem foi orquestrado e executado por integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital). A PF assumiu a investigação por se tratar de uma instituição federal. Segundo a polícia, a forma como o crime aconteceu é característica da facção criminosa.


Nova Aurora fica no oeste do Paraná e tem população estimada em 10.650 habitantes. Segundo a PF, as cidades menores são alvos de facções criminosas pela facilidade de acesso às agências bancárias: o policiamento é defasado pela falta de efetivo e os caixas estão abastecidos por ser início de mês e época em que a maioria das pessoas recebe seus salários.

Com fuzis

Os ladrões quebraram as portas de vidro da agência e levaram um cofre, que, segundo funcionários do banco, não tinha dinheiro. Conforme imagens de câmeras de segurança das empresas próximas, os ladrões se distribuíram em diferentes pontos da avenida perto do banco e entraram na agência de madrugada. O alarme da agência disparou, mas os ladrões saíram antes da chegada da polícia.
Segundo a Polícia Militar de Nova Aurora, moradores contaram que seis bandidos armados com fuzis foram vistos indo no sentido a Palmital. Eles usaram uma Fiorino e uma Saveiro para a ação.
A PM fez o isolamento do local até a chegada da perícia da Polícia Federal, que foi designada de Foz do Iguaçu para fazer a perícia no local.

A agência volta a funcionar hoje para atendimento à população. Ontem à tarde, uma Fiorino com as mesmas características de um dos veículos usados pelos bandidos foi encontrada pela Polícia Militar na PR-180, no Distrito de Palmital, em Nova Aurora, e tem registro de furto em Curitiba.