Cotidiano

Papai Noel: 80% das cartinhas já saíram

(Foto: Juliet Manfrin )

Pela primeira vez na história, as cartinhas destinadas ao Papai Noel dos Correios em Cascavel praticamente “sumiram” apenas 24 horas depois do lançamento oficial do projeto.

Dos 1.722 pedidos feitos ao Bom Velhinho por crianças de três escolas municipais e nove centros municipais de educação infantil, o coordenador Valmir Rosa estima que apenas 350 ainda restavam na tarde de ontem para serem apadrinhadas.

Uma das cartinhas adotadas ontem foi a da pequena Arieli, que quer ganhar um casaco, ou um vestido ou uma bota. Segundo ela, os pais não têm condições de comprar e a menina de dez anos, que está no 5º ano, nunca usou um desses três itens.

A maioria dos pedidos é por brinquedos, mas um aconselhamento dado pela equipe dos Correios surtiu efeito. Professores orientaram os pequenos a não pedirem presentes caros ou fora da realidade, como celulares, computadores e tablets. “Isso foge completamente da essência do projeto. A orientação é que essas crianças peçam brinquedos ou algo que precisem e que os pais não têm condições de comprar”, lembra Valmir. E deu certo!

Ontem mesmo alguns padrinhos já levavam os presentes aos Correios, mas a data limite para entrega é 30 deste mês e o Papai Noel vai às escolas de 6 a 14 de dezembro com o saco cheio.

Valmir pede que os voluntários ainda procurem pelas cartinhas, “porque acreditamos que de 10% a 15% das que foram levadas para adoção retornem aos Correios e não queremos que nenhuma criança fique sem um presente”.