Cotidiano

O Fercapo está de volta!

(Foto: Arquivo )

O festival de música mais tradicional de Cascavel retorna depois de 15 anos. O Fercapo volta ao calendário de eventos a partir de 2018 e já promete grandes emoções. O evento será realizado nas dependências do salão social do Tuiuti em agosto do ano que vem. As atrações ainda não foram definidas.

Conforme a Secretaria de Cultura de Cascavel, retomar o festival é “resgatar um período dourado da nossa cultura, quando Cascavel chegou a ocupar espaço no cenário nacional”, afirma. Trata-se de uma marca histórica do município, não só aos artistas, mas também para uma geração de cascavelenses que durante 27 anos fizeram parte desta história e foram estimulados pela música.

“[A retomada do Fercapo] era um sonho que eu sempre quis realizar, é resgatar o maior evento cultural de Cascavel. É uma oportunidade que artistas de todo o Brasil têm para mostrar seu talento”, comenta o presidente do Tuiuti Esporte Clube, João Carlos Largo.

Ao longo das edições do Fercapo, mais de 800 artistas subiram ao palco para cantar. Em relação a público, o número passa de 60 mil.

Histórico

O idealizador do primeiro festival de Cascavel foi um militar da Aeronáutica: o sargento José Rufino Teixeira, em 1950. Os militares que serviam no posto da Aeronáutica em Cascavel uniram a juventude da cidade em torno de um projeto: criar um clube social e esportivo para que todos, além de trabalhar duro nas madeireiras, também se divertissem, o Tuiuti Esporte Clube. Por decisão do secretário do Tuiuti, Luiz Picoli, o festival passou a ser conhecido como Fercapo a partir da terceira edição, em junho de 1972.

Não só MPB

Diferente dos outros anos em que o gênero musical do festival era a MPB (Música Popular Brasileira), o presidente João Carlos Largo, afirma que o Fercapo estará habituado à realidade de hoje. “Precisamos abrir espaço a outros gêneros”, diz. Serão três dias de festival, onde uma comissão julgadora, ainda a ser escolhida, vai avaliar a performance dos artistas.

Lançamento e inscrições

O lançamento oficial do evento foi realizado no último dia 11, em um jantar no Tuiuti. A partir do dia 13 de novembro, começou toda a organização do Fercapo como formato das inscrições – válidas para todo o Brasil -, número de participantes, categorias e definição dos prêmios, todos pagos em dinheiro. “A premiação do festival sempre foi muito boa. Ainda não definimos os valores, mas a ideia é manter no mesmo patamar das edições anteriores para que isto também seja um atrativo às pessoas”, garante Largo.