Cotidiano

Nova ala no Universitário

Sala de recuperação é essencial para a recuperação do paciente (Foto: Divulgação)

O Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) abriu ontem a Sala de Recuperação Pós Anestésica (SRPA) do seu centro-cirúrgico. A sala é uma unidade interna do centro cirúrgico, considerada de alta complexidade, que dispõe de leitos em número igual ao das salas cirúrgicas disponíveis.

É equipada com monitores multiparamétricos, saídas de oxigênio, ar comprimido e vácuo em cada leito. Além disso, tem equipe de enfermagem treinada para recepção, monitoramento e cuidado de todos os pacientes que passam por procedimento cirúrgico.

Segundo o diretor Administrativo do hospital, Edson de Souza, a abertura do novo serviço além de melhorar os serviços prestados pelo hospital, cumpre exigências previstas em termo de ajustamento de conduta - TAC assinado com o ministério público. “Era uma demanda acordada com o MP e que após muito trabalho efetivamente colocamos para funcionar” enfatiza.

Vantagens da RPA

Os objetivos e vantagens de uma SRPA incluem prevenção e detecção precoce das possíveis complicações decorrentes do pós-operatório imediato, tanto anestésicas quanto cirúrgicas, assistência de enfermagem especializada a pacientes submetidos a diferentes tipos de anestesias e cirurgias, maior segurança ao paciente, equipe médica e de enfermagem, racionalização de pessoal, eficiência dos recursos humanos e utilização de terapêuticas especializadas, além de servir de campo de aprendizagem para alunos da área da saúde.

O diretor clínico do Huop, Dr. Sérgio Luiz Bader, esclarece sobre o aumento de cirurgias que podem ser feitas agora no Centro Cirúrgico do hospital. “Agora a sala não fica parada esperando o paciente se recuperar, a RPA é muito importante, melhora o fluxo do CC e pode agilizar as filas de cirurgias eletivas do hospital”, conclui Bader.