Cotidiano

Médicas cubanas na atenção básica

Médica cubana atende paciente em Nova Santa Rosa (Foto: Divulgação)

O vice-prefeito e secretário de Saúde, Noedi Max Hardt, junto com o chefe do Setor de Assistência Médica, Mário Schweig, acompanharam os primeiros atendimentos das médicas cubanas no Centro de Saúde Lídia Boll.

Lorelys Diaz e Liudys Gonzales iniciaram os trabalhos no município nesta semana, o primeiro dia de atendimento foi no Centro de Saúde Lídia Boll na sede. As médicas tiveram o apoio dos servidores da Secretaria de Saúde para auxiliar a comunicação entre médica e paciente durante a consulta, mas de acordo com os primeiros pacientes, as médicas falam e entendem bem o português.

De acordo com o chefe do Setor de Assistência Médica, Mário Schweig, o cronograma de atendimento das médicas inclui o centro de saúde da sede e as unidades básicas e saúde dos três distritos. Ele foi montado conforme as diretrizes do programa “Mais Médicos” do governo federal. Os médicos fazem exclusivamente o atendimento na atenção básica como clínicos gerais ou generalistas. A carga horária é de 32 horas semanais de atendimento nos postos médicos e oito horas semanais de pós-graduação à distância.

As médicas Liudys e Lorelys vieram da província de Artemisa na Cuba e devem permanecer no Município por três anos, tempo de duração do contrato estabelecido pelo Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde.