Política

Informe da redação do dia 23 de janeiro de 2019

Mais transparência

O Ministério Público do Paraná e a Uvepar (União de Vereadores do Paraná) celebraram nessa terça-feira termo de cooperação técnica de adesão da Uvepar ao projeto institucional Transparência nos Municípios, do MPPR. O documento foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, e pelo presidente da União de Vereadores, Júlio César Makuch, no Gabinete da PGJ. O projeto visa ao aperfeiçoamento da gestão e transparência públicas, para que todo cidadão consiga fiscalizar as atividades do poder público mediante consulta aos Portais da Transparência, na internet.

Prazo

Por meio do acordo, a Uvepar se comprometeu a disponibilizar em 60 dias dados relacionados a recursos recebidos da administração pública em seu Portal da Transparência. As informações devem ser apresentadas de maneira simples, em linguagem acessível ao cidadão, com glossário que contenha as definições de todos os termos técnicos utilizados.

Suporte

O MP, por sua vez, irá fornecer à Uvepar apoio técnico especializado na área do Patrimônio Público, para que sejam fielmente cumpridas as obrigações presentes no acordo de cooperação, e contribuir com ações conjuntas de capacitação, conscientização e sensibilização dos gestores públicos e cidadãos quanto à importância do cumprimento da legislação que impõe transparência à administração pública.

Boca fechada...

Depois da confusão de datas e valores, a turma do deixa quieto sugeriu que Flávio Bolsonaro se cale e pare de tentar se explicar sobre suas movimentações financeiras. Alguém o lembrou que ele já está diplomado como senador e que, se for pego na mentira, pode ter o mandato cassado.

Davos I

Sob o argumento que a reforma da Previdência é problema brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro não tocou no assunto durante seu discurso em Davos. No melhor estilo de falar, falar e não dizer nada, apenas citou genericamente as reformas. Não convenceu.

Davos II

Pois a primeira pergunta de Klaus Schwab ao presidente brasileiro tratou de dar um choque de realidade sobre a principal expectativa do mundo em relação ao Brasil: “Em quanto tempo o senhor vai enviar medidas concretas para recuperar a economia?” As informações são de Vera Magalhães, do Estadão.

Já por aqui...

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro ignorou a reforma da Previdência no discurso de abertura do Fórum Econômico Mundial e foi campeão de brevidade em sua apresentação, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tratou de transmitir uma mensagem forte aos investidores em encontro promovido pelo Itaú Unibanco, aqui, no Brasil. Guedes afirmou que haverá consenso no Congresso para aprovar a proposta de emenda constitucional. Resultado: sua palestra foi classificada como “um show”.

Posse no TCE

Nesta quarta-feira, às 15h, toma posse o corpo diretivo do TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado) do Paraná no biênio 2019-2020. A solenidade será no plenário da corte. Serão empossados os conselheiros Nestor Baptista (presidente), Fabio Camargo (vice-presidente) e Ivens Linhares (corregedor-geral). Eles foram eleitos em 12 de dezembro, na última sessão de 2018 do Pleno do TCE-PR.

DestravaFoz

Também nesta quarta, será assinado em Foz do Iguaçu o decreto que prevê a simplificação de procedimentos para emissão de alvarás e licenças municipais. A iniciativa integra o Programa DestravaFoz, realizado pela Prefeitura de Foz em parceria com o Sebrae/PR e outras entidades, com foco na desburocratização e o desenvolvimento da cidade.

Vale-alimentação

Os servidores de Toledo vão receber neste ano um mês a mais de vale-alimentação, que ainda teve reajuste: de nove parcelas de R$ 305 pagas em 2018, agora serão dez de R$ 320, incremento de R$ 455 no ano.