Cotidiano

Força no pedal

Ambulantes terão prazo de 60 dias para adaptação de vendas com bicicletas (Foto: Aílton Santos)

A bicicleta se tornou meio de transporte para parte dos ambulantes que atuava no calçadão de Cascavel desde o fim da última semana, mas já há reclamações.

Junto às bikes, há um compartimento que permite a eles carregar os produtos e colocá-los à venda ao público. O suporte para transportar e guardar as mercadorias, entretanto, tem exigido mais esforços dos ambulantes.

Uma das reclamações é de que a bicicleta é muito pesada e que ao ser carregada dificulta ainda mais os serviços. “Fica pesada demais e dessa forma é difícil de se locomover”, diz o ambulante Ivair da Silva.

Por conta disso, ele pedala por poucas quadras e busca alternativas para retornar para casa. “No fim da tarde deixou a bicicleta em um estacionamento aqui no Centro”, afirma.

O ambulante também precisa se adaptar a quantidade de produtos que costuma oferecer nas ruas. “Nem tudo o que tenho para vender cabe aqui na bicicleta”, diz Silva.

Gilson Obregão aos poucos se acostuma com a novidade e considera que o projeto contribuiu com os vendedores ambulantes. “Mais importante do que a bicicleta é o fato de que agora estamos regularizados e conseguimos trabalhar com mais tranquilidade”.

A única reclamação dele também é por conta do peso da bicicleta. “Moro no Bairro Maria Luiza e não há condições de pedalar até minha casa. Vou precisar deixar a bicicleta em algum estacionamento”, afirma.

23 bicicletas

Neste primeiro momento foram entregues 23 até bicicletas. Quem recebeu assinou um termo de autorização de uso por um período experimental.

“Por enquanto cada ambulante foi orientado a permanecer em um ponto específico e teremos 60 dias para nos adaptar”, comenta Obregão.

Passado esse prazo, eles poderão assinar um termo de permissão de uso da bike.

Bike Legal

O município adquiriu quatro modelos diferentes de bicicletas, de acordo com a necessidade de cada vendedor ambulantes. Elas contam com três rodas, ombrelone e compartimentos para a armazenagem e exposição dos materiais. A empresa de Cascavel JEC Traillers Reboques e Metalúrgica Ltda venceu o Pregão Eletrônico para fornecer 57 bikes adaptadas ao valor de R$ 284.800.