Esporte

Fla e Raposa se reencontram com prioridades diferentes

Rio de Janeiro - O Flamengo recebe novamente no Maracanã, às 16h deste domingo, o Cruzeiro, algoz pela Copa Libertadores na última quarta-feira ao vencer por 2 a 0 o duelo de ida das oitavas de final. O reencontro de hoje, no entanto, é válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Além de dar uma resposta ao torcedor que aguarda a revanche na Libertadores, no próximo dia 29, o Flamengo tenta recuperar a liderança da Série A. A derrota para o Grêmio no último sábado custou caro, uma vez que o então vice-líder São Paulo venceu o Vasco e assumiu a ponta da classificação.

Os dois primeiros colocados iniciam a 18ª rodada a um ponto de distância. O São Paulo soma 35 e enfrentará o Sport fora de casa, em jogo simultâneo ao dos flamenguistas. O time rubro-negro ainda se vê ameaçado pelo terceiro colocado, o Internacional, que está dois pontos atrás e visitará o Fluminense amanhã, no fechamento da rodada.

Não bastasse a pressão por resultado, o Flamengo ainda terá de lidar com o desgaste físico de seu elenco. Será a oitava partida dos flamenguistas após a Copa do Mundo, média de um jogo a cada 3,25 dias. Na próxima quarta (15), o time rubro-negro ainda jogará por vaga nas quartas da Copa do Brasil, contra o Grêmio. Ainda assim, o técnico Maurício Barbieri evita falar em poupar jogadores para priorizar alguma competição.

CRUZEIRO

O Cruzeiro, por sua vez, vive maratona parecida a do Flamengo, com a mesma média de partidas desde a retomada da temporada. O time celeste também terá decisão da Copa do Brasil na quarta-feira (15), contra o Santos. O técnico Mano Menezes, entretanto, assumiu que poupará atletas neste domingo.