Policial

Execução de 2016

Gilberto Ribeiro foi morto a chutes, socos e golpes de cabo de vassoura e, posteriormente, teve o corpo jogado em um riacho (Foto: ANDRÉ GARCIA / REDE MASSA)

O Tribunal do Júri de Cascavel julgou ontem Diogo Antônio Diniz e Rafael Denti, acusados de executar, em maio do ano passado, Gilberto Ribeiro. Os dois homens foram condenados a pouco mais de seis anos de prisão, em regime semiaberto, pelo crime de homicídio simples.

O corpo de Gilberto foi encontrado em um riacho, nas proximidades da Rua São Roque, no Bairro Morumbi. Próximo a ele a polícia localizou manchas de sangue e pedaços de madeira, usados no crime, além de um aparelho celular, uma carteira de cigarros e um cachimbo usado para fumar crack.

Conforme o processo, Gilberto foi agredido com chutes, socos e com golpes de cabo de vassoura. O rapaz era usuário de entorpecentes.