Policial

Excesso de velocidade multa 550 paranaenses por dia

(Foto: Divulgação)

A embriaguez ao volante levou 151 motoristas para a prisão no Paraná

Cascavel - Quem faz curso nas autoescolas para conseguir a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) aprende que em todas as rodovias, sejam elas estaduais ou federais, existe um limite de velocidade a ser cumprido. Na maioria dos casos, nas BRs para veículos de passeio o máximo é 110 km/h e nas estaduais, as PRs 80 km/h. Além disso, ao longo dos trechos, placas indicam em qual velocidade os veículos devem trafegar.

Mas o que os dados da PRE (Polícia Rodoviária Estadual) demonstram é que milhares de motoristas não estão respeitando esses números, tão importantes no que diz respeito à vida.

Segundo um levantamento apurado pela reportagem de O Paraná, até segunda-feira (10), 105.166 motoristas foram flagrados pelo radar da PRE por excesso de velocidade somente este ano. Levando em consideração esses números e a quantidade de dias de 2017, pode-se dizer que a cada dia, mais de 550 motoristas são autuados por dirigir acima da velocidade permitida.

Além desses flagrantes de desrespeito às leis de trânsito, e que estão diretamente ligadas a violência do impacto de acidentes, a PRE lavrou ainda mais 379 flagrantes de condutores dirigindo sob o efeito de álcool nas rodovias estaduais do Paraná. Foram 228 infrações pelo artigo 165 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que gera multa e suspensão do direito de dirigir; e outras 151 do código 306, que além das punições administrativas, o motorista é preso em flagrante por dirigir veículo sob o efeito de álcool.

As duas infrações são apontadas como algumas das causas de acidentes de trânsito pela polícia, que no mesmo período registrou 4.410 acidentes. Ou seja: a cada dia, as rodovias estaduais contabilizam 23 acidentes de trânsito. Destas colisões resultaram 3.696 pessoas feridas e ainda 272 óbitos.