Policial

Criança no trânsito, perigo constante

Menina foi atendida pelo Corpo de Bombeiros com ferimentos leves e encaminhada para atendimento hospitalar (Foto: Fábio Donegá)

O Corpo de Bombeiros de Cascavel registrou 42 casos de atropelamentos de crianças de até 14 anos neste ano na cidade. Ontem uma menina de nove anos ficou ferida ao atingir um carro na Rua Imigração, Bairro Universitário.

A criança ia para a escola e atravessou a rua correndo, quando foi atropelada. Ela teve ferimentos leves e foi levada para atendimento hospitalar pelos socorristas.

Um caso parecido foi registrado na semana passada e a vítima foi um garoto de dez anos. A falta de atenção é a característica mais comum dos atropelamentos envolvendo crianças.

Como parte das ações educativas para evitar acidentes e chamar a atenção dos pequenos, a Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) já estuda uma atividade que deverá realizada na quarta ou na quinta-feira desta semana no Centro de Cascavel. “Vamos aproveitar a movimentação da Festa da Padroeira, em frente à Catedral, e vamos fazer uma ação para orientar crianças e pais a respeito do cuidado nas vias”, antecipa o presidente da Companhia em Cascavel, Alsir Pelissaro.

“Fazemos também um trabalho nas escolas de orientação, aos pais e aos alunos, além das operações Pé na Faixa, que são frequentes e orientam a não atravessar a rua fora da faixa de pedestre”, complementa.