Esporte

Conmebol confirma final da Libertadores fora da Argentina

Assunção - O presidente da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), Alejandro Dominguez, informou, nessa terça-feira, que a segunda partida da final da Copa Libertadores da América será disputada fora da Argentina nos dias 8 ou 9 de dezembro.

O jogo de volta da decisão entre River Plate e Boca Juniors deveria ter sido realizada no sábado passado, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, mas um ataque da torcida do River ao ônibus do rival acabou impedindo a realização do embate decisivo.

A decisão de tirar o jogo do país foi tomada pela Conmebol após reunião realizada na sede da entidade na cidade paraguaia de Luque, nos arredores de Assunção. O encontro contou com as presenças dos presidentes dos dois clubes argentinos: Daniel Angelici, do Boca Juniors, e Rodolfo D'Onofrio, mandatário do River Plate.

Ao fim da reunião, o presidente da Conmebol informou a decisão, pela qual “a partida da volta da final da Copa Libertadores será disputada entre os dias 8 e 9 de dezembro (sábado ou domingo), em horário e sede ainda a serem definidos pela administração da Conmebol assim que possível”.