Esporte

Brasil vai estrear quinta-feira com recorde em PyeongChang

Time Brasil que participou do desfile de abertura dos Jogos na Coreia (Foto: COB)

Rio de Janeiro - A delegação brasileira levou um pouco do calor do Carnaval brasileiro para o gelado inverno coreano. Liderados pelo porta-bandeira Edson Bindilatti, o Time Brasil brilhou durante o desfile das delegações durante a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018. A delegação brasileira foi uma das mais aplaudidas pelos coreanos na abertura oficial, na sexta-feira. O Time Brasil retribuiu à altura, com alegria e ginga de sobra, aquecendo uma festa linda, realizada abaixo de zero no Estádio Olímpico de PyeongChang.

Como manda a tradição, a delegação da Grécia, país que criou os Jogos Olímpicos, foi a primeira a desfilar, após uma programação que mostrou ao mundo um pouco da história e cultura locais. O Time Brasil foi a 33ª delegação a desfilar, seguindo a ordem do alfabeto coreano, logo após a Bulgária e antes da República de San Marino. Apesar de contar com dez atletas, a delegação brasileira é a terceira maior das Américas (atrás apenas de Estados Unidos e Canadá). Entre os 92 países participantes, o Brasil está à frente de 54 em número de atletas qualificados para os Jogos.

A primeira participação brasileira na Coreia será com Jaqueline Mourão, na quinta-feira (15), na prova dos 10 km estilo livre de cross country. Em PyeongChang, a atleta mineira se iguala e Formiga (futebol) com o maior número de participações olímpicas entre as atletas brasileiras. Torben Grael, Robert Scheidt (vela), Rodrigo Pessoa (hipismo) e Hugo Hoyama (tênis de mesa) também têm seis edições de Jogos Olímpicos.