Cotidiano

Aprovada construção do Condomínio do Idoso

(Foto: Divulgação )

Foz do Iguaçu - Foi aprovado por unanimidade ontem (13) o Projeto de Lei 78/2018, que incorpora ao patrimônio do Fozhabita o trecho de duas ruas no Parque Residencial Lagoa Azul. O espaço, que soma 2 mil metros quadrados, será usado para a construção do Condomínio do Idoso. Foz do Iguaçu será um dos primeiros municípios do Paraná contemplado pelo programa habitacional.

De acordo com o diretor-superintendente do Fozhabita, Eduardo Teixeira, os convênios já foram assinados e o edital de licitação para a construção do condomínio está lançado. A parceria do governo do Estado com o Município, por meio do Fozhabita, prevê a construção do Condomínio do Idoso com 40 moradias. A obra integra o projeto “Morar Bem Paraná - Terceira Idade” e está orçada em R$ 5 milhões.

Estrutura

A construção do condomínio faz parte das ações do Programa Morar Bem Paraná, realizado pelo governo do Estado e pela Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná). O objetivo, segundo o projeto, é ofertar “um local digno, salubre, dotado de itens compatíveis às suas necessidades e anseios, visando propiciar aos idosos uma vida mais alegre, saudável e menos solitária, por meio da prática coletiva de atividades físicas, culturais e de lazer.”

Os empreendimentos serão compostos por: unidades habitacionais adaptadas, com um dormitório, sala, banheiro, cozinha e varanda; Infraestrutura de lazer completa, com praça de convivência, biblioteca, sala de informática, academia ao ar livre, horta comunitária, salão de festas e atividades, pista de caminhada e quiosques próprios para a prática de jogos de tabuleiro e carteado;

Moradia e espaços comuns adaptados às necessidades físicas dos residentes, o que implica em itens de acessibilidade tais como portas mais largas, barras de apoio, áreas com fácil acesso para quem tem dificuldades de locomoção, ventilação cruzada e adequação dos pisos; Ambulatório para atendimentos médicos básicos aos residentes; Guarita com dormitório e sala de administração; Sistemas de geração de energia solar, captação de águas das chuvas e implantação de poço artesiano, quando verificada a viabilidade.