Policial

Acúmulo de função

Na 15ª SDP, são aproximadamente 5 mil inquéritos em andamento (Foto: Aílton Santos)

Vinte novos delegados estão em preparação para assumir o cargo de comarcas que seguem sem um responsável por falta de contratação durante a gestão do governador Beto Richa. De acordo com informações do Movimento Nomeia Delegado, das 399 comarcas do Paraná, 262 não tem delegado. No caso de escrivães, só há a metade do necessário de profissionais em todo o Estado.

Só na 15ª SDP (Subdivisão Policial) de Cascavel, seriam necessários mais três profissionais. Um para um dos distritos, um para o Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) e um para cobrir as férias dos demais delegados. Atualmente, a delegada Raísa Scariott, titular da Delegacia da Mulher, acumula o Nucria e agora está cobrindo férias da delegada de Homicídio, Mariana Vieira, acumulando, desta forma, três delegacias.

“Temos aproximadamente cinco mil inquéritos em andamento na comarca e, além da falta de delegados, faltam escrivães. Não consigo estimar quantos, mas seriam necessários mais profissionais para o trabalho”, afirma o delegado-chefe da 15ª SDP de Cascavel, Nagib Nassif de Palma.

A Polícia Civil aguarda a conclusão do curso de formação dos delegados, que ocorre em julho, para só aí fazer a distribuição dos profissionais nas comarcas.