Cotidiano

300 anos de fé

“Porta Santa”, na Catedral de Cascavel, faz parte do Jubileu de 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida (Foto: Fábio Donegá )

Hoje, 12 de outubro, é uma data especial para a comunidade católica. Celebra-se o jubileu de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. Em Cascavel, as comemorações começaram ainda em outubro do ano passado com o desfecho hoje.

Dentre as ações realizadas nesse período, destacam-se as novenas. “Cada padre ficou responsável por uma novena e a Igreja era decorada por eles, uma decoração bem especial”, diz o pároco da Catedral, Padre Adimir Antônio Mazali.

Neste ano, a imagem peregrina saiu de Cascavel, foi a Aparecida do Norte (SP), junto aos 80 romeiros, que retornaram à cidade no domingo passado às 10h com acolhida simbólica, pois a arquidiocese ganhou a imagem jubilar. “Essa imagem é muito especial, e só usada nessas ocasiões e ela é guardada no nosso cofre” comenta o pároco. Hoje, serão realizadas cinco missas durante o dia.

Porta Santa

A Igreja cascavelense possui a “Porta Santa”, dourada, de metal, que só é aberta nos jubileus, seja extraordinário como este do Brasil ou ordinário, quando vem determinações do Vaticano, pelo Papa Francisco. O jubileu geralmente é celebrado de 25 em 25 anos. Para quem passar pela porta são necessários alguns quesitos: Confissão sacramental, oito dias antes e oitos dias depois de 12 de outubro, comunhão eucarística, orações do Creio, Pai nosso e Ave Maria e orações na intenção do Santo Padre, o Papa.

Histórico

A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada no ano de 1717, por pescadores do Rio Paraíba do Sul. Três pescadores, após frustrada tentativa de apanhar peixes perto de Guaratinguetá (SP), colheram em suas redes o corpo de uma estátua de Maria e, depois, a cabeça da mesma. A este fato se seguiu farta pescaria, que surpreendeu os três homens. Tendo limpado e recomposto a imagem, expuseram-na à veneração dos fiéis em casas de família.

Futuramente o local no norte do Estado de São Paulo se tornou sede do Santuário Nacional de Aparecida, com cidade que recebe o nome de Aparecida do Norte e hoje recebe mais de 12 milhões de visitas anuais.

Programação

7h Missa dos Peregrinos

10h Missa de Acolhida dos Motociclistas

12h Missa destinada à família

15h Missa da Saúde

17h Coroação de Nossa Senhora e Consagração das Crianças

Na programação tem ainda a tradicional Festa da Padroeira, com barracas gastronômicas e pratos típicos da região. Nesta quinta, o cardápio principal é o costelão, vendido a R$ 30. Além disso, há o kit churrasco (carne, farofa, refrigerante e cuca), comercializado a R$ 75.