Blogs | Newsletter | Fale Conosco |
Polícia

Garoto morto em colégio perdeu a vida por causa de um celular

Karine Demezuk

14/08/2013 às 00:00 - Atualizado em 30/08/2014 às 07:24

Após cinco dias de investigações, a Polícia Civil de Guaíra finalmente desvendou o assassinato do adolescente Maicon Siabra Lantin, 14 anos, encontrado morto no pátio da escola em que estudava na manhã da última sexta-feira.

De acordo com as informações levantadas pela polícia, Maicon foi morto por um colega de sala de 16 anos, e o motivo do crime foi um telefone celular que a vítima havia ganhado poucos dias antes.

Em seu depoimento, o acusado contou em detalhes como tudo aconteceu. Disse que ele e um colega chamaram Maicon com a desculpa que queriam mostrar a ele um celular. Quando chegaram ao local, o outro menino voltou para o colégio e ele então aproveitou para acertar uma paulada na nuca da vítima, que caiu e começou a ter uma convulsão.

Enquanto Maicon estava no chão, o adolescente terminou de matá-lo batendo em sua cabeça com um tijolo. Em seguida, pegou o celular da vítima e o colocou no buraco de uma árvore às margens de um riacho.